-----
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 27 de julho de 2020

Como criar seu próprio feitiço



Olá seres mágicos!
Hoje vou compartilhar aqui no blog um vídeo que fiz para o canal, sobre como  criar seus próprios feitiços.
Os feitiços que conhecemos foram em algum momento criados por alguém, ou seja bruxas e bruxos tem a liberdade de criar seus rituais  (seja com aprendizagem ou como desenvolvimento mágico para realizações de rituais.)
Porém, mesmo os iniciantes na magia podendo criar seus próprios rituais, ainda sim é necessários que sigam alguns passos para não caírem em emboscadas por falta de conhecimento.



E são esses passos que partilharei aqui com vocês. Vamos lá?
*Estarei colocado os tópicos aqui no post escrito, mas no vídeo explico melhor cada aspecto.

1 - Não comece estudar criando logo de cara seus feitiço, comece primeiro se familiarizando com feitiços de livros:
Estude e se familiarize com os feitiços já existente, aprende e observe como eles são praticados e por quê de cada detalhe.

2 - Saiba o significado dos ingredientes usados e suas correspondências:
Saiba o por quê de cada símbolo e ingrediente. Nunca use nada sem saber o por quê. Faça feitiços com consciência. Pois apenas copiar não lhe fará uma bruxa e sim copiador, pois a bruxa usa e sabe porque está usando, e se caso falta o ingrediente saberá o que substituir.

3 - Estude as fases da lua e seus significados e efeitos nos feitiço:
A bruxa sabe aproveitar as energias cósmicas para fortalecer seu trabalho mágico, e sabe quando é a melhor época e quando não é para cada ritual, inclusive para seu jardim mágico.

4 - Estude sobre o poder das palavras:
A palavra tem poder, e o que é recitado no feitiço pode ajudar ao ritual funcionar ou simplesmente dar muito errado.
- Saiba o que realmente significa a palavra que você está recitando.
- Saiba como rimar, pois quando o encantamento é rimado as palavras saem com uma certa fluidez o que ajuda que a energia emanada por aquelas palavras soem e fluam melhor. Quando muito travada as pronúncias, o mesmo acontece com as energias.
- O sentimento posto das palavras são essenciais! Pois palavras faladas só como repetição de nada valem, pense, sinta cada palavra que você pronunciar e com sentimento positivo.
- Evite palavras que possam ter significado negativo (mesmo que em frases positivas) pois as palavras usadas terão a energia que elas carregam, por exemplo; 
“Que a briga acabe” - a frase pede algo positivo, porém usa uma palavra de significado negativo (briga).
Ao invés disso diga “Que a paz prevaleça” - tem o mesmo significado mas usando apenas palavras que trarão o conceito do desejo.
- Escreva corretamente:
É importantíssimo que você escreva corretamente o ritual. Estude a gramática e a pronúncia da língua falada (seja a sua natural ou uma estrangeira).
E importante falar e escrever bem quando se está realizando um ritual, para garantirmos o resultado desejado e passarmos a mensagem correta para o plano espiritual.

5 - Faça adaptações de feitiços existentes:
Você pode pegar feitiços existentes e adaptá-los para suas necessidades, usando símbolos que lhe simbolizem algo, trocando ingredientes para potencializar o ritual, re-escrevendo encantamentos com palavras que lhe expressam melhor sua magia interior... com isso ganhará experiência, e confiança para quando escrever um feitiço do zero.

6 - Comece de forma simples:
Agora que você já está mais familiarizado com o mundo mágico e dos rituais e já teve alguma experiência na prática, tente criar seu próprio feitiço, mas de forma simples e com poucos ingredientes para você poder diminuir os riscos de erro.
O que faz os rituais funcionarem não é a quantidade de ingredientes ou a complexidade deles, e sim sua concentração e energia enviada. Então comece pelo caminho simples enquanto ganha confiança e experiência.

7 - Não tente evocar:
Há uma diferença em evocar e invocar; evocar é chamar a entidade para o local e invocar é pedir sua energia e magia (essas palavras podem ser utilizadas com outro significado dependendo da religião - pois já vi outras formas de empregarão delas).
Mas bom, não evoque a entidade/espírito ou Deus(a), pois isso é necessário mais conhecimento, como por exemplo em círculos mágicos, círculos de proteção e tal.
Se quiser estar em contato com uma entidade ou Deus(a), faça uma invocação, pois isso será feito através de orações, pedidos simples, onde o que é recebido é a energia, proteção e cuidados mágicos do Deus(a) em questão. Mas também sugiro que conheça e estudo um pouco a entidade invocada para não se ter surpresas.

Bom pessoal, no vídeo explico mais detalhadamente sobre... 
Espero que gostem e que essa postagem lhes ajudem no caminho mágico de vocês!
Se inscrevam no canal e assinem as notificações :)

Beijinhos e blessed be!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...