-----
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 23 de março de 2018

Herbalismo na magia - Parte 1


Olá meus queridos seres mágico! Hoje trago para vocês um dos meus temas preferidos: ervas!
Todos nós sabemos que as bruxas trabalham e participam da natureza ativamente, certo? Mas nem todos tem o conhecimento para aproveitar com expansão os beneficíos que as plantas e ervas nos trazem para saúde e trabalhos mágicos.

Cada bruxa tem sua área de especalização, umas preferem trabalhar com adivinhações, outras com ervas, outras com energia das cristais, outras com poções, encantamentos... e por ai vai, cada uma com sua especialização. Mas é de todo bem, todas saberem um pouco de todo para um estudo e trabalho mágico mais completo e eficaz. E isso inclui as ervas e flores!

Então hoje vamos falar um pouco sobre o que é o herbalismo, e como ultiliza-lo na nossa cozinha mágica. Porém vou dividir o post em duas partes para não ficar muito longo ok?!


E então o que é herbalismo? 
Herbalismo é uma antiga prática e estudos onde é usado as plantas, ervas e flores para a medicina. Onde se acredita e pratica a cura atráves do uso de plantas e ervas. É uma prática muito antiga. É também chamada de medicina alternativa.
Seus resultados e efeitos não são tão agressivos e radicais como na medicina convêncional onde é usado remédios e químicos para tratamentos na saúde. Por isso é um método ainda muito buscado.

E como o herbalismo se aplica na mágia?
Simples, pois a magia vem da natureza e todas as plantas tem suas propriedades mágicas e energéticas. Assim usando de sua propriedade mágica junto a sua propriedade medicinal, criando resultado reais e facinantes para trabalhos mágicos e trabalhos de cura.

No herbalismo não é apenas usado as ervas em sua forma natural seca, mas sim como óleos, gasozo, pó, em pasta e líquido (como na forma de chás)... na verdade em qualquer forma que possa se ultilizar de suas propriedades. Mas o ponto é: sua origem é de plantas/ervas. Ou seja, tendo uma gama imensa de variadades de produtos todos de origem vegetal, sendo assim podemos dizer: Bem vindo a cozinha da bruxa!

Secando as ervas
Uma d formas de uso mais comuns e usadas são as ervas secas, que servem para vários tipos de uso; chás, defumação, banhos, o consumo da folha seca, ramos de atração energética, queima de feitiços e orações, incensos, etc.

As ervas secas podem ser compradas prontas como feitas pela própria bruxa - o que é melhor energéticamente e mais potente. Porém muitas das ervas não são fáceis de encontrar no mercado, o que leva muitas bruxas e plantas suas próprias e assim secá-las em casa, pois assim garantem que sempre terão suas ervas em mãos.

E como se faz essa secagem em casa? 

Não é preciso nad de especial, qualquer um pode fazer e eu vou ensinar aqui!
Primeiramente você precisará de vários ramos longos vivos da erva em questão - vamos chamar a erva de Alecrim, para assim podermos explicar melhor. Agora que vc tem ramos longo de alecrim, se houver algum folha muito feia ou estragada, retire cuidadosamente dos ramos.
Una as bases to caule dos ramos juntos em iguais. Com uma linha de algodão, comece amarrando sua base todas juntas, de várias volta na base o prendendo bem, deixando uma alcinha para pendurar dessa linha. Pronto seu "bouquet" que alecrim está feito, agora é só pendurar de ponta cabeça em um local onde não haja sol ou calor acessivo, por exemplo; pode ser colocar na cozinha ou em um quarto. E deixe-o secar naturalmente.
*Como demonstra na imagem acima.
Não o seque no sol, pois o sol resseca a fibra da folha, a esturricando e assim perdendo suas propriedades medicinais e mágicas.
Cada erva tem seu tempo para secar, algumas podem levar semanas e outras alguns dias. Cada uma tem seu tempo.

Como armazena-las após secas?
Como dito, o ideal e correto é sempre armazena-las em um local seco e na sombra - sem contato com o sol. Um potinha bem fechado para não entrar humidade e bichinhos. Pode ser em um armário, estante ou o que for, desde que bem fechadinhas e na sombra.
Você pode manter as folhas nos ramos se quiser ou tira-las e guardar apenas as folhas. Lembrando que há ervas e plantas que tanto utilizamos seu caule e raiz!


Misturando as ervas
As ervas também podem serem misturadas entre si, claro que é altamente recomendado se conhecer sobre as ervas antes de mistura-las, pois nem todas as ervas tem efeitos potencializado ao misturadas e algumas podem ser feito oposto. Por quê isso pode acontecer? Pois assim como qualquer ser vivo, as ervas também são um composto biológico e contém suas substâncias. Essas substâncias pode sim quando misturadas terem um efeito químico, ou nenhum efeito. Por exemplo há ervas que são boas para mágica mas não se devem ser ingeridas, e outras podem até causar alergias se não usadas corretamente.
Quer um exemplo prático? A artemísia, é a tal conhecida erva da bruxa. Muito boa magicamente como chá para intusição, clarividência, medicinalmente para cólicas, dores abdominais, entre outros, porém além de tantos beneficíos essa erva deve ser consumida seca, e não verde, pois em seu estado verde pode conter toxinas.

Então, pode se misturar ervas, claro, principalmente em trabalhos mágicos! Porém, para ser ingerida ou usada no corpo, é indicado conhecer um pouco sobre antes de fazer a mistura, para garantir que não haverá contraindicações.
E lembrando que nem todas as ervas são comestivéis! Então sempre pesquisem antes de consumir ou usar obre a pele, ok?

Bom, essa foi a primeira parte no post sobre Herbalismo na magia... Virá ainda a parte 2, onde falarei sobre:
- Como cultivar no seu jardim as ervas
- Óleos essências de ervas e como fazer
- Chás e como preparar corretamente
- Infusão e defumação de ervas
- Água de flores
e algums dicas!

Espero ver vocês no próximos post também!
Beijinhos e Blessed Be! 🌙🌿🌾

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...